Infecção Intestinal

A infecção intestinal nada mais é que uma inflamação na parede intestinal decorrente de infecção por vírus ou bactérias ingeridos através dos alimentos. Conhecida também como intoxicação alimentar, ela pode causar muitos desconfortos.

intestine

            Gastroenterite como também é conhecida causa muitos sintomas que resultam na indisposição gastrointestinal do paciente, podendo causar dores latentes e agudas, decorrentes da irritação das paredes principalmente do intestino.

            Os sinais e sintomas podem ser identificados com facilidade e o tratamento consiste em ingerir alimentos leves e uso de medicamentos antibióticos. Vejamos os principais agentes infecciosos, sintomas, tratamentos e diagnóstico.

Causas da Infecção Intestinal

            A Infecção Intestinal pode ser causada por vírus na maioria dos casos, no entanto as bactérias também são muito comuns e merecem atenção dentre as principais causadoras estão Shigella, salmonela, staphylococcus.

            O manuseio inadequado com a higiene dos alimentos como a lavagem de verduras e legumes, carnes cruas ou malcozidas podem conter bactérias que irão liberar toxinas que irritarão as paredes intestinais provocando a infecção do aparelho intestinal.

            Essa infecção intestinal gera alterações que se refletem ao longo dos dias e de acordo com o grau através dos sintomas.

Sinais e sintomas

            Os sinais e sintomas podem variar de acordo com a causa e o estado de saúde do paciente, é válido lembrar que em crianças e idosos, eles se apresentam de forma mais grave pela desidratação e perda de peso. Confiram alguns deles:

  • Diarreia
  • Náuseas
  • Vomito
  • Dores abdominais e cólicas
  • Perda de apetite
  • Cansaço
  • Dores de cabeça
  • Febre
  • Dor muscular
  • Sangue nas fezes

Quando os sintomas se apresentam em adultos se não melhorarem em cinco ou sete dias, um médico deverá ser consultado, o mesmo deve acontecer com crianças em que o tempo máximo de observação não pode ultrapassar 12 horas.

Diagnóstico

            O diagnóstico da infecção intestinal é simples e fácil de se identificar, bastando apenas a observação dos sintomas que são bem evidentes.

            Além de observação o médico pode realizar exames a fim de descobrir se a infecção intestinal foi causada por vírus ou bactéria, para só então entrar com a interação de um medicamento, em caso de origem bacteriana o antibiótico.

Tratamento

             O tratamento da intoxicação alimentar ou infecção intestinal consiste basicamente em manter-se hidratado, fazer repouso e evitar agravar ainda mais o processo diarreico e em caso de bacteriana ingerir medicamentos antibióticos.

glass-of-water

            É indicado ingerir água em torno de 2,5 L por dia a fim de evitar a desidratação, sucos e energéticos também são recomendados, pois além de líquidos repõe eletrólitos (sais) que o organismo está perdendo. Quando agravado pode ser necessário a inserção de soro por via endovenosa.

            O repouso também é muito importante, pois um dos efeitos da doença é a fraqueza e cansaço, o repouso contribui para reversão do quadro.

            Os cuidados com alimentação devem acontecer, na medida em que se deve evitar aqueles alimentos ricos em fibras como o leite que podem agravar o processo, estimulando ainda mais a evacuação na infecção intestinal.

Recomenda-se a ingestão de alimentos cozidos, e bolachas de sal, gelatina, balas de goma, sopas e carne grelhada são alimentos leves que contribuem para “ prender o intestino ”, o ideal é fazer várias refeições ao longo do dia, evitando forçar o organismo.

Quando a infecção intestinal é causada por bactérias é necessário que o médico receite um antibiótico para conter a infecção, que associada com a dieta e repouso são excelentes armas na recuperação do estado de saúde do paciente.

            Conheceu tudo sobre a infecção intestinal?! Atente-se para higienização adequada dos alimentos e principalmente para o cozimento, em caso de contrair a doença procure um médico se os sintomas persistirem por mais de sete dias, gostou dessas dicas leia também Prisão de ventre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *